Grupos

    Todos nós experimentamos o relacionamento com diferentes grupos durante toda a nossa vida. Por mais que esta relação não seja harmoniosa, estamos incluídos em diferentes grupos todo o tempo, seja na família, no trabalho, nas amizades, na cidade, numa identidade de gênero, grupos etários, no país, ou mesmo fazendo parte da "comunidade humana". Nossa identidade é constituída na teia de relações que criamos com variados grupos. A forma pela qual nos inserimos nestes grupos tem uma enorme importância para a constituição de nossa subjetividade. Por mobilizar e processar conteúdos pessoais relacionados ao pertencimento grupal, o trabalho terapêutico em grupo assume um importante papel no processo terapêutico de cada um.

 

    Mais do que a soma dos indivíduos que participam dele, um grupo terapêutico é uma entidade própria que tem a capacidade de potencializar o processo terapêutico de seus membros. No grupo, seus participantes têm a chance de oferecer e receber suporte e apoio uns dos outros em suas dificuldades e dramas pessoais e, da mesma maneira, compartilham experiências de alegria, expansão e confiança. O sentimento de pertencimento a um grupo remete à nossa participação, enquanto entidades individualizadas, a uma totalidade maior, à unidade e, neste sentido, se constitui como uma das mais poderosas ferramentas terapêuticas.

 

    Atualmente, tenho facilitado, junto com Paolo Chirola, também terapeuta de Core Energetics, o Grupo Terapêutico em Core Energetics para Homens. Este é um grupo exclusivo para homens onde os participantes têm a chance de mobilizar o fluxo energético no corpo em direção a um maior Grounding e também podem compartilhar questões relacionadas ao ser homem nos dias atuais. A metodologia terapêutica envolve tanto o trabalho na dimensão corporal com exercícios físicos, exercícios respiratórios, danças e vivências que levam os participantes à ampliação de seu fluxo energético, quanto o trabalho com foco na dinâmica psíquica por meio da partilha de espaços de fala e troca de experiências de vida individuais ou coletivas. A direção do processo terapêutico é de uma integração cada vez maior dos participantes com a coletividade grupal.

 

      Durante o ano, o grupo não recebe novos integrantes, mas no início de cada ano são abertas vagas para aqueles que queiram experimentar a metodologia e, eventualmente, fazer parte do grupo também. No ano de 2016 teremos o I Encontro Aberto do Grupo dos Homens. Será uma chance para aqueles que se interessam em conhecer este trabalho e poder integrar o grupo. O encontro acontecerá no dia 27/02 das 8h30 às 12hs. Caso você se interesse, para fazer sua inscrição, preencha a ficha de inscrição (depois de clicar é necessário fazer o download), e a envie juntamente com um comprovante de pagamento para o e-mail lnobrega.psi@gmail.com. Os valores e formas de pagamento se encontram na ficha. Você também pode participar do grupo no Facebook (clique aqui) e fazer contato com os outros integrantes. Qualquer dúvida, entre em contato via e-mail ou telefone: 81763732.